domingo, 1 de dezembro de 2013

Mi Buenos Aires Querida


Buenos Aires normalmente é o destino preferido para os marinheiros da primeira viagem internacional. Afinal, é perto (o vôo não passa de 3 horas) e nada que um portunhol não resolva. Assim, nem a língua é uma barreira. E, concordo que estão todos certos. Há muitos brasileiros por toda a parte, passeando, trabalhando e morando em Buenos Aires. Todos os estabelecimentos comerciais estão preparados para a invasão brasileira e muitos restaurantes oferecem cardápios em português.

Confesso que conhecer Buenos Aires nunca foi um sonho, mas dos destinos nacionais e internacionais foi a cidade que mais visitei, a trabalho e nunca a passeio!

Assim, minhas dicas tem uma visão não romântica da cidade que acolhe muitos casais em lua-de-mel.

Onde ficar?

Escolha um hotel que lhe agradar e couber no bolso, mas atenção com os hotéis antigos que podem esconder quartos e banheiros muito aquém da expectativa. Buenos Aires é plana e pode-se caminhar muito e confortavelmente. Valem os cuidados para turistas com furtos de carteiras e etc. Além disto os táxis são muito baratos (e não confortáveis) e por isto se a caminhada for muita, esta é uma ótima alternativa.

Já me hospedei no Sheraton perto da Plaza San Martín (me sinto em casa, apesar dos quartos antigos e do hotel ser gigante), Hilton (dependendo do quarto pode ser barulhento, pois o hotel está sempre cheio e as portas dos quartos são virados para o hall), Madero Hotel (hotel tranquilo com serviço excelente), Marriott (linda construção, mas a vista do quarto pode ser para uma outra janela. A localização é ótima, no início da Calle Florida) e Holiday Inn (simples, mas confortável e com uma boa localização).

O que levar?
Sempre leve uma jaqueta ou casaco que corte o vento independente da época do ano. Em Puerto Madero sempre há um vento cortante que pode aparecer mesmo em pleno verão.

O que fazer?
Passeio no Bus Amarillo estilo Hop-on Hop-off por Buenos Aires. Assim você aproveita para conhecer a cidade e descer nos principais pontos turísticos.

Caminhar por Puerto Madero para fazer a digestão depois de se acabar em um de seus restaurantes finalizado por um bom helado Freddo (apesar que Baccio de Latte daqui de Sampa é o mellhor, na minha modesta opinião...)

Caminhar por San Telmo na feirinha de antiguidades mesmo sem gostar delas. O bairro é antigo e vale a visita.

Passear pelo elegante bairro da Recoleta e para os que gostam de história, visitar o Museo e a casa de Evita. Há os que não deixam de dar uma passadinha pelo cemitério, mas confesso que não faz o meu estilo então nunca passei por lá.

Assistir a um show de Tango! Há vários shows disponíveis, mas se não quiser gastar com isto pode ir ao Café Tortoni (este vale pelo menos a visita para conhecer o local) e ver o show deles. Simples mas de raiz, afinal dizem que o Tango atual nasceu neste café. O do El Viejo Almacén também é interessante e conta a história do Tango. Ah! Fuja dos jantares conjugados com a apresentação, Buenos Aires tem restaurantes muito melhores do que os jantares oferecidos juntamente com o show.

E para a noite... Se estiver em turma, vale a pena um pulinho no Bar Acabar, há juegos que serão diversão certa. Ou então uma ida a Palermo Hollywood onde há bares e restaurantes com mesinhas na calçada.

Se estiver com pouco tempo não vá ao Jardim Japonês, é bonito, mas nada espetacular, melhor usar as horas para visitar outros atrativos como a livraria El Ateneo, localizada em um antigo teatro.

Onde comer?

A gastronomia em Buenos Aires é baseada na culinária Gaúcha e Italiana, então acabe-se em muita carne e pasta! Ah! E não deixe de experimentar as empanadas, fritas ou assadas. Há ótimos restaurantes em Puerto Madero, dos dois lados e ao longo dos diques (fuja se for época de mosquitos) e também en La Recova.

Para os fãs do Rubayat, a casa tem um restaurante com preços mais módicos que o de São Paulo, Cabaña las Lilas. Recomendo!

Há também que ter paciência, pois em muitos restaurantes o atendimento é lento e nem sempre atencioso.

O que comprar?

Buenos Aires já foi o paraíso das compras, mas com a atual situação da economia o dólar disparou e as lojas estrangeiras fecharam as portas. Então, vale mais a visita do que as compras, mas não deixe de ir na Galerías Pacífico na Calle Florida. O shopping por si só é um atrativo.

Links úteis

Guia 4 Rodas
Lonely Planet


Dream. And Live. Pa.T.